CIMVI apresenta projeto do Centro de Inovação para o Governo do Estado de SC

Prefeitos do Alto Vale visitam CIMVI para conhecer trabalho na gestão de resíduos
23 de julho de 2021
CIMVI realiza 40º reunião ordinária do Conselho Intermunicipal de Cultura, Esporte e Turismo
2 de agosto de 2021

Na tarde dessa quarta-feira, 28 de julho, quem veio visitar e conhecer o CIMVI foi o secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável de Santa Catarina, Luciano Buligon (representando o Governo do Estado), acompanhado do seu chefe de gabinet, Paulo Hoeller.

Eles foram recebidos e acompanhados pelo presidente do CIMVI e prefeito de Timbó, Jorge Kruger; o diretor executivo do CIMVI, Fernando Tomaselli; a gestora do Meio Ambiente, Sandra Regina Batista; a gestora de Turismo, Arlete Regilene Scoz e o gestor de Resíduos Sólidos, Alan Stark.

Na oportunidade foi assinado e protocolado um ofício solicitando recursos para a pavimentação das ruas de acesso ao CIMVI e entroncamento viário da Rua Silésia com a SC-477, e também para a construção do novo Centro de Inovação. Esse documento será entregue em mãos pelo secretário ao Governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva.

Centro de Inovação

O objetivo da visita foi compartilhar todo o trabalho desenvolvido pelo Consórcio, especialmente no que diz respeito à gestão e valorização de resíduos, e para apresentar o projeto do Centro de Inovação, que está sendo desenvolvido pelo CIMVI.

“Esse Centro também pode ser entendido como uma ‘incubadora de empresas’. É uma iniciativa que ainda está em andamento e vai contar com parcerias, desde instituições de ensino até para a realização de eventos e ações. Importante destacar que toda a ideia foi elaborada com foco na sustentabilidade, que é nosso direcionamento em todos os demais projetos elaborados e realizados aqui”, pontuou Tomaselli.

O secretário Boligon se mostrou impressionado e encantado com o avanço da proposta implementada pelos municípios consorciados, comprometendo-se em sensibilizar o governador Moisés. Ele ainda frisou que todo o trabalho desenvolvido pelo CIMVI, no seu ponto de vista, é uma solução que atua em torno de algo essencial: a “economia circular”.

“Um dos meus grandes anseios, enquanto secretário e também como ser humano, é tornar realidade a ideia do ‘Lixo Zero’, e a atuação do CIMVI vai de encontro a isso. Essa foi uma primeira visita, mas, com certeza, estaremos retornando para dar continuidade a essa conversa”, destacou.

União de forças

Durante a reunião também foi apresentado todo o projeto e mudanças realizadas pelo CIMVI desde 2017, desde o serviço de Licenciamento Ambiental e Turismo até o Parque Girassol, o programa ‘Vale Muito Cuidar’, a Central de Valorização de Resíduos (CVR-1) o projeto e finalidade da CVR-2 e, também, as mudanças na gestão do Aterro Sanitário.

Para o presidente do Consórcio, a união de forças é o que possibilita tornar realidade os projetos que vêm sendo desenvolvidos. “Nosso foco é buscar soluções no que diz respeito à correta destinação dos resíduos, sejam eles quais forem. Conseguimos fazer isso acontecer aqui na região do Vale Europeu, junto aos 15 municípios consorciados, e a ideia é ampliar cada vez mais esse alcance, sempre de forma sustentável e com foco na qualidade de vida das pessoas”, afirma Kruger.