CIMVI recebe Governador de SC para homologar parceria da CVR 2

CIMVI recebe representantes do IMASUL
CIMVI recebe representantes do IMASUL
18 de maio de 2022
Nota de pesar CIMVI
Nota de pesar pelo ex-prefeito Ercides Giacomozzi
20 de maio de 2022
Governador Moisés e diretor executivo Fernando Tomaselli

Governador Moisés e diretor executivo Fernando Tomaselli

Nova Central de Valorização de Resíduos trará tecnologia pioneira no Brasil

O Governador Carlos Moisés da Silva esteve no Consórcio Intermunicipal do Médio Vale do Itajaí (CIMVI) nesta quinta-feira, dia 19. Em evento oficial, ele assinou o convênio de liberação de recursos que serão destinados para a construção da Central de Valorização de Resíduos 2 (CVR 2).

Moisés chegou à sede do consórcio por volta das 9h30, e participou de reunião com prefeitos da região. Na sequência, ele concedeu entrevista coletiva à imprensa e seguiu para a solenidade oficial.

“Nunca tivemos investimentos por parte do Governo do Estado no consórcio. É a primeira vez que há um olhar sensível para o projeto de gestão de resíduos e sustentabilidade”, declarou o presidente do CIMVI e prefeito de Timbó, Jorge Augusto Kruger.

Durante sua fala, o Governador elogiou o trabalho do consórcio e ressaltou a importância da sustentabilidade para o desenvolvimento da região. “Vocês fazem um trabalho incrível aqui. Vocês do CIMVI recebem as crianças para a educação ambiental, e é por elas que precisamos trabalhar. É o futuro que está em jogo, e o sonho de um estado mais desenvolvido”, definiu Moisés.

Leia Mais: CIMVI apresenta projeto do Centro de Inovação para o Governo do Estado de SC

Sobre a CVR 2

A Central de Valorização de Resíduos 2 (CVR 2) será construída no complexo do Parque Girassol. A nova unidade será responsável pela implementação de um novo modelo de triagem dos resíduos sólidos urbanos, visando alcançar o objetivo do “Lixo Zero”.

A CVR 2 receberá os rejeitos da coleta convencional, que anteriormente iriam para o Aterro Sanitário. Após um processo de separação e desidratação, será possível transformá-los em termoplásticos, gerar de energia e realizar a compostagem.

Os termoplásticos serão produzidos a partir da separação de resíduos plásticos vindos da coleta convencional. A energia será produzida a partir da biodigestão dos rejeitos, que iriam para o aterro. Este processo resultará na geração de gás, que será utilizado na produção de energia e compostagem.

“A construção da CVR 2 é um importante passo na consolidação de um projeto inovador, iniciado há cerca de quatro anos. Estamos trazendo um novo entendimento na valorização dos resíduos sólidos urbanos vinculados à Educação Ambiental”, complementa o diretor executivo do Consórcio, Fernando Tomaselli.

A construção da CVR 2 está sendo viabilizada por meio de uma parceria público-privada (PPP). Os investidores vencedores da concessão aportarão recursos para a construção da unidade e compra dos equipamentos, e serão responsáveis pela operação econômica dos serviços.

Confira as fotos do evento com o governador

Governador Moisés assina convênio para CVR 2

 Governador Moisés assina convênio para CVR 2

Equipe CIMVI e Governador Carlos Moisés

 Equipe CIMVI e Governador Carlos Moisés

Coletiva do Governador Carlos Moisés

 Coletiva do Governador Carlos Moisés

Novo galpão do CVR 2

 Novo galpão do CVR 2

Governador Moisés e diretor executivo Fernando Tomaselli

 Governador Moisés e diretor executivo Fernando Tomaselli

Imagem do novo CVR 2

 Imagem do novo CVR 2

Precisando de uma ajuda?
1