Parque Girassol recebe visita da Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas

Roteiro de Cicloturismo do Vale Europeu é referência para o Brasil
25 de maio de 2021
CIMVI realiza formação voltada à preservação do bioma Mata Atlântica
28 de maio de 2021

Nessa terça-feira, dia 25 de maio, as irmãs Marilde Zonta e Lidovina Bonvequio, da Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas de Rodeio, junto com um grupo de gestores do Horto Ir Eva Michalak, vieram até no Consórcio Intermunicipal do Vale do Itajaí (CIMVI) e no Parque Girassol para conhecer todo o trabalho voltado à gestão de resíduos e preservação do meio ambiente.

O grupo teve sua visita guiada pela assessora do setor de Educação Ambiental, Mariléia Selonke, junto com sua assistente Larissa Freiner. O passeio iniciou com uma palestra, seguindo por uma apresentação da estrutura administrativa do CIMVI, um tour completo na Trilha do Tatu (com uma pausa para reflexão no Deck Central), seguindo até o setor de Coleta e Valorização de Resíduos (CVR), oportunizando aos visitantes uma explanação completa sobre cada passo e ação realizada no dia-a-dia do Consórcio.

A Irmã Marilde Zonta se mostrou surpresa com tudo que viu e falou sobre a importância dessa experiência. “Conhecer esse trabalho é fundamental para todos. Tudo o que recebemos, precisamos devolver de alguma forma e, nesse sentido, a conscientização no descarte correto de resíduos orgânicos e materiais recicláveis é muito importante. São políticas públicas e boas práticas que vamos levar para as nossas rotinas a partir de agora também”, afirmou.

Segundo Mari, há dois momentos que mais impactam os visitantes de forma geral. O primeiro é quando iniciam a Trilha do Tatu, que promove o contato com a natureza e faz com que as pessoas se conectem com o meio ambiente, compreendendo sua responsabilidade e a importância de sua contribuição junto ao CIMVI.

O segundo momento é quando conhecem o CVR, presenciando o local onde 60 pessoas, ou seja, 60 famílias trabalham diariamente para garantir a correta triagem e destinação dos materiais recicláveis que são recebidos todos os dias. “É muito gratificante poder mostrar a transformação ambiental e social que o Parque Girassol proporciona à comunidade como um todo. Sem dúvida, quem realiza as visitas sai com outra perspectiva, ideia e ações mais sustentáveis, o que significa que conseguimos transmitir a mensagem”, diz.

Para a visitante Renita Schlei todo munícipe, tanto dos municípios consorciados quanto os demais, deveriam agendar uma visita para conhecer de perto essa realidade. “A partir daqui a gente se torna multiplicador dessas ações também, podendo engajar outras pessoas no mesmo caminho”, reflete.

Devido à pandemia, o Parque Girassol está recebendo pequenos grupos (garantindo segurança e seguindo as determinações de prevenção e higiene) para visita que precisam agendar horário para realizar o tour pelo CIMVI. O telefone para mais informações é o (47) 3380-1345.